Reduza o desperdício e economize até 25% da sua renda mensal

Pequenas atitudes garantem uma economia considerável


Imagine poder economizar uns 25% do que ganha todo mês? Para quem tem um salário de R$ 2.000,00, por exemplo, isso significa chegar ao dia 30 ou 31 com R$ 500,00 a mais no bolso ou na conta. Para o economista Alessandro Azzoni, que também é consultor ambiental e conselheiro do Meio Ambiente de São Paulo, essa economia é perfeitamente possível se você se comprometer a evitar o desperdício no seu dia a dia. Confira as dicas de Azzoni e outros especialistas para ajudá-lo a ser um consumidor mais consciente e, consequentemente, mais econômico:

Diminua o uso da energia elétrica

Fernando Bacellar, coordenador de Usos Finais de Energia da AES Eletropaulo, diz que bastam algumas mudanças simples de atitude para uma boa economia: “Passar a maior quantidade de roupas de uma só vez e utilizar a temperatura indicada no ferro para cada tipo de tecido; tirar tudo da tomada e não deixar nada em stand by; aproveitar a luz natural abrindo as janelas e cortinas durante o dia; dar preferência às cores claras para paredes e tetos, porque elas refletem melhor a luminosidade, e escolher eletrodomésticos de baixo consumo, com selos do Procel (nacionais) ou Energy Star (importados) são algumas medidas diárias que repercutem consideravelmente no final do mês”.

Preste atenção no gasto de água

Corte de sua rotina hábitos desnecessários, como escovar os dentes com a torneira aberta. “Se escovarmos os dentes e enxaguarmos a boca com a água do copo, economizamos três litros de água. Em um mês, uma casa com quatro pessoas escovando os dentes três vezes ao dia consumiria um metro cúbico, ou seja, uma caixa d’água inteira”, calcula Azzoni. O mesmo alerta vale para quem tem o péssimo hábito de lavar calçadas com a mangueira. O economista diz que deixar a torneira aberta por 15 minutos gasta cerca de 280 litros de água. “Lavando a calçada dia sim dia não estaríamos consumindo quatro metros cúbicos, ou seja, quatro caixas d’água por mês”. Além do cuidado na hora de abrir a torneira, Azzoni também sugere a instalação de aeradores, dispositivos que, ao misturar água e ar, dão a sensação de maior volume de água no jato da torneira e ajudam a economizar.

Aproveite melhor os produtos que adquire

Pesquisas indicam que o Brasil desperdiça 30% de sua produção de alimentos, desde a colheita até o consumo, conforme destaca Jamile Balaguer Cruz, consultora em planejamento estratégico e autora do livro “Guia para cuidar bem do planeta” (Editora Melhoramentos). É um dado assustador mas, se cada cidadão fizer a sua parte, dá para mudar esse quadro. Além de comprar apenas aquilo que realmente precisa, a consultora também recomenda o hábito da reciclagem de produtos. Use sua criatividade: “Utilizar frente e verso do papel ou criar uma caneca personalizada para diminuir o uso de descartáveis, por exemplo, são coisas que qualquer um pode fazer, seja em casa, no trabalho ou na escola”.

Tags: consumo desperdício economia renda

Veja mais