Dicas de economia doméstica para otimizar seu gasto

Entenda, na prática, como cortar custos em casa e ter aquele alívio no orçamento

Manter uma casa não é tarefa fácil. Há meses em que os gastos fogem do controle e sempre nos perguntamos como economizar para dar conta de todos os compromissos financeiros.

Para quem está nessa situação, nossa dica é: sim, é possível racionalizar gastos e pagar menos por alguns serviços e produtos. No artigo de hoje, falaremos de algumas estratégias e mudanças de hábito que podem fazer toda a diferença em seu orçamento familiar. Confira!

Energia elétrica

As tarifas de energia elétrica em todo país vêm passando por aumentos sucessivos. Resta a quem pensa em economizar criar algumas estratégias para consumir menos.

Nesse sentido, a primeira dica é: mantenha seu consumo abaixo da bandeira vermelha. Para quem não sabe, é cobrado uma alíquota mais elevada sobre os domicílios que ultrapassam determinado consumo de KW/h. Por isso, é importante ficar atento a tarifa de qual bandeira está sendo cobrada em sua conta e tentar manter o consumo nas faixas inferiores.

Outra dica importante é tomar cuidado com uso de aparelhos que consomem mais energia, que são aqueles que funcionam com resistência elétrica, como chuveiro, ferro de passar roupa, forno elétrico e afins. Tente dosar o uso sempre que possível.

O chuveiro, por exemplo, em dias quentes, pode funcionar no aquecimento econômico. No caso do ferro, você pode dar preferência por passar grandes quantidades de roupa de uma só vez, o que é mais econômico que passar poucas peças por vez. O forno elétrico pode ser utilizado para o preparo de mais de um alimento, de modo a aproveitar o aquecimento inicial.

Alimentação

Na hora de fazer o supermercado do mês, algumas dicas preciosas também podem lhe ajudar a economizar. A principal delas, sem dúvida, é ter tempo e paciência para buscar as melhores ofertas.

Muitas vezes, o melhor lugar para comprar frutas e verduras não terá o melhor preço para carnes e mantimentos. Se for esse o seu caso, vale a pena criar um itinerário para sempre buscar o melhor custo-benefício para os produtos que se pretende adquirir.

Serviços domésticos

Nem todo mundo dispõe daquela grana extra para contar com os serviços de uma diarista ou empregada doméstica. Cada vez mais, essa é uma realidade que se distancia dos lares brasileiros, que sofrem com a perda de seu poder de compra.

E para não sacrificar seu orçamento para custear esse tipo de serviço, você pode se organizar em casa para que cada um dê sua contribuição para a limpeza e organização do ambiente. Quem tem filhos, por exemplo, pode atribuir a eles tarefas que sejam adequadas a sua idade. Mesmo que não seja uma contribuição decisiva para o conjunto do trabalho a ser feito, é importante para que eles se conscientizem da necessidade de se responsabilizar pelo trabalho doméstico.

Formada essa força tarefa com todos os integrantes da casa, pode ser que a necessidade por uma diarista caia significativamente. O que era um serviço semanal pode passar a ser quinzenal, o que representa uma economia de até 50%.

Tags: consumo economia doméstica finanças