Descubra como os óleos essenciais podem ser úteis

Especialistas relatam em estudo o poder dos óleos essenciais

Rosa, eucalipto, jasmim, lavanda, menta... só de mencionar os nomes o poder sinestésico nos remete ao cheirinho de cada planta. Além de aromatizar e decorar ambientes, essas plantas também podem se transformar em óleos essenciais.

Mais que aromas agradáveis, eles também são conhecidos por trazer muitos benefícios à saúde, e podem ser extraídos com técnicas como o arraste de vapor de água.

Cita-se como exemplos óleos que proporcionam estímulos cerebrais capazes de produzir diferentes efeitos, direcionando ao sistema nervoso sinais que vão desde o descanso à plena disposição. Além disso, podem aliviar dores, curar machucados, melhorar o humor e até diminuir náuseas.

Especialistas relatam em estudo o poder dos óleos essenciais. Confira parte dessas análises:

Inalação de óleos essenciais

Realizado pela Universidade de São Paulo, o estudo contou com 36 estudantes da área da saúde, em que metade foi submetida a tratamento composto por sete sessões de inalação de óleos essenciais.

O resultado revelou que a aromaterapia foi capaz de reduzir significativamente os níveis de stress e, ainda, combater gripe, bactérias e células cancerígenas. Por serem altamente concentrados, os óleos são potentes bactericidas, fungicidas, antivirais e anti-inflamatórios, como apontou o estudo.

Alecrim e boa memória

Pesquisadores da Universidade Northumbria reuniu cerca de 60 voluntários com idade média avançada para testar os efeitos dos óleos de alecrim e lavanda. Situados em salas com os respectivos aromas e também em salas sem aroma algum, os voluntários recebiam a informação de que estavam em uma experimentação de uma bebida com vitaminas.

Em seguida, realizou-se teste de memória em que se escondiam objetos, em diversos lugares, que deveriam ser lembrados no fim do teste.

Eis que os resultados foram revelados: os voluntários na sala com aroma de alecrim conseguiram resultados melhores do que aqueles que se encontravam na sala sem aroma. Os que estavam na sala com aroma de lavanda tiveram uma queda no desempenho significativa. O curioso é que a lavanda é tida como um agente tranquilizante, com efeito sedativo.

Os pesquisadores afirmam que alguns compostos do óleo de alecrim podem provocar mudanças no desempenho da memória (1,8 cineol), podendo agir como os medicamentos que tratam a demência. Outro resultado chamou a atenção: ao analisar amostras de sangue dos voluntários, encontraram traços dos elementos químicos do óleo de alecrim.

Claro que ainda há que se fomentar pesquisas sobre o poder do alecrim no cérebro humano, mas tais adventos nos mostram que estamos próximos de termos a medicina alternativa como subsídio para um tratamento tão eficaz quanto ao da medicina tradicional.

Utilize o óleo no seu dia a dia

Os óleos, com suas inúmeras composições, podem ser aplicados em diversas formas:

  • Pele
  • Cabelo
  • Banho
  • Massagem
  • Inalação
  • Limpeza
  • Aromatização de ambiente

Pratique a aromaterapia e veja os benefícios

Conheça os 6 óleos essenciais mais procurados:

1. Lavanda (relaxa) = diminui a ansiedade, a insônia e as dores da enxaqueca.

2. Laranja (diminui a ansiedade) = melhora o humor.

3. Sálvia (diminui a pressão arterial) = aumenta a concentração.

4. Alecrim (elevar o poder do cérebro) = estimula a mente e memória.

5. Hortelã (alivia o stress) = reduz fadiga.

6. Canela (melhora o foco) = aumenta a concentração e reduz efeitos da frustração.

Seja para saúde ou para aromatizar a sua casa, os óleos essenciais vieram para ficar. Encontre o seu em lojas de produtos naturais e conte-nos nos comentários como você o utilizou!

Tags: óleosessenciais qualidade de vida saúde

Veja mais