Conheça o golpe que causa 90% dos roubos na internet

Todo cuidado é pouco na hora de efetuar suas compras

A Internet nos trouxe benefícios inimagináveis há alguns anos. Muita gente não imaginou que seria possível comprar uma roupa ou comida sem sair de casa, ou até mesmo com alguns poucos cliques. O fato é que junto de toda essa inovação veio também a parte negativa: os golpes. Um deles é o chamado phishing, que causa 90% dos roubos na nossa rede de computadores.

A prática funciona assim: você recebe, geralmente por meio do e-mail ou redes sociais, uma promoção imperdível em um site que parece ser seguro, é comum que eles sejam cópias dos sites conhecidos, você preenche os dados, efetua o pagamento e no final descobre que é um golpe, não vai chegar produto nenhum. 

Os golpistas conseguem copiar os sites nos mínimos detalhes e utilizam de inúmeros artifícios tanto para atrair as vítimas quanto para retirar dinheiro delas, em alguns casos até pedem transferência de dinheiro para a conta deles. Além disso, eles geralmente fazem ataques em massa, por exemplo, criam uma página do Instagram e impulsionam uma publicação para um número grande de pessoas, assim, quem clicar e preencher os dados acaba sendo lucro para eles. 

Em outros casos eles são mais atrevidos, fazem um ataque direcionado, pesquisam sobre a vítima retirando dados de bancos de dados e usam de truques psicológicos para se aproximarem.

Se você for vítima

Caso você caia ou desconfie que caiu em um golpe desse o primeiro passo é desconectar seu aparelho da Internet, isso evita que eles continuem acessando seus dados. Depois disso, troque senhas, principalmente dos aplicativos de bancos e cartões e instale um antivírus. 

Se você chegou a dar os dados bancários, entre em contato com o banco ou a empresa de cartão de crédito para efetuar o bloqueio. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, as compras pela Internet podem ser canceladas em até 7 dias. 

Proteja-se

É possível prevenir o phishing, o primeiro passo é estar atento. Quando for comprar qualquer produto verifique se é o site original. Os sites seguros têm certificado HTTPS antes do endereço. Sempre que for enviar informações confidenciais verifique se isso consta. Outra maneira é pesquisar o site e verificar se o desconto realmente consta, ao invés de ir direto no link que aparecer.

Certifique-se se outras pessoas já compraram neste site e o que elas falaram da experiência. Para isso, vale uma pesquisa em sites como o Reclame Aqui que traz avaliações e problemas que outros clientes já tiveram com as empresas. 

Mantenha seu antivírus atualizado, assim, menos anúncios falsos chegarão ao seu e-mail, por exemplo. O antivírus garante que eles vão para a caixa de spam, se você não vê-los, mais difícil cair em tentação.

Tenha cuidado com as datas como a Black Friday, os criminosos aproveitam a euforia das pessoas em comprar para disseminar cada vez mais o golpe. Fique pesquisando semanas antes da data e no dia não clique em links que aparecem, vá direto no site. 

Ficando de olho nesses detalhes é possível aproveitar bastante as ofertas que a Internet tem para oferecer. 

Tags: finanças

Veja mais