Aproveite as opções culturais da sua cidade sem gastar muito

Garanta uma ida ao cinema, teatro e shows, sem culpa

Com o objetivo de equilibrar o orçamento ou guardar dinheiro, muitas pessoas cortam totalmente os gastos relacionados ao lazer. Mas não é preciso fazer um sacrifício tão grande para poupar. “Economizar não significa fazer restrições. Quem faz escolhas inteligentes pode continuar consumindo, porém, gastando muito menos”, afirma a planejadora financeira Letícia Camargo.

Para provar que é possível aproveitar seu tempo livre com bons programas, sem comprometer o orçamento, reunimos algumas dicas dos especialistas. É para aproveitar no cinema, no teatro e em shows, sem culpa!

Cinema: uma estratégia para economizar é usar os descontos oferecidos pelos programas de fidelidade de bancos, operadoras de celular, entre outros. Também é interessante escolher dias e horários alternativos para ir às sessões, quando os ingressos são mais baratos. “Cinemas de rua, em geral, costumam ser até 20% mais baratos do que os cinemas de shopping”, alerta Samy Dana, professor de economia da fundação Getúlio Vargas. Fazer um lanche em casa antes de encarar a sessão também pode ajudar você a economizar. “Os combos oferecidos nos cinemas geralmente dobram os gastos. Comprar petiscos em supermercados e lanchonetes e levá-los na mochila ou na bolsa é uma boa pedida para gastar menos”, diz Letícia.

Teatro: os preços variam muito de acordo com o estabelecimento e as atrações. Por isso, antes de comprar, tire as suas dúvidas e pergunte sobre todos os descontos que a casa oferece e se existe algum programa de fidelidade do próprio teatro. “Reflita sobre o custo-benefício antes de decidir o local, a atração e até a poltrona onde vai ficar. Dependendo das suas escolhas, você poderá participar de mais ou menos eventos”, orienta a planejadora financeira Myrian Lund. Ela também recomenda atenção na hora de resolver se vai comprar o ingresso online ou na bilheteria do próprio teatro. “Em geral, as taxas de serviço não compensam a ida até o teatro, especialmente se ele for longe e você tiver que gastar com transportes”, diz Myrian. Os organizadores de muitas peças também fazem parcerias com jornais, por exemplos, e oferecem descontos aos assinantes daquela publicação. Informe-se sobre esse benefício.

Shows: quanto mais cedo você realiza a compra, menos você paga. “Há muita variação de preço e poucos descontos para shows. Então, o melhor é se programar para tirar um valor da sua renda e guardar para os espetáculos que deseja ver durante o ano”, aconselha Samy. Os festivais de música são boas opções para economizar. Assim, em vez de assistir a apenas uma apresentação, você pode ver várias, sem pagar muito mais por isso.

Leia também “Economize nas férias, sem abrir mão da diversão”.

Tags: cinema cultura teatro