Continue economizando energia com o fim do horário de verão

A atitude reduz a necessidade de acender lâmpadas e até de ligar ventiladores e aparelhos de ar-condicionado

A maior parte das pessoas reclama quando precisa adiantar o relógio em uma hora no início do horário de verão. Mas, na verdade, essa readequação temporária traz muitos benefícios. Há quem se anime com o dia ensolarado no fim do expediente e aproveite a época para praticar atividades físicas e para fazer mais programas fora de casa, por exemplo. Mas, além das vantagens sociais, o horário de verão traz benefícios para o bolso.

O período em que os relógios foram adiantados em 1h proporcionou uma redução no consumo de energia de 4,3% no Sistema Sul com relação à demanda no horário de ponta noturna. “O horário de verão permite trocar a luz elétrica pela natural por mais tempo. Isso gera uma economia para quem paga a conta todo mês e também para o governo”, explica o professor de finanças da Fundação Getúlio Vargas, Samy Dana.

Saiba que é possível continuar poupando. Basta adotar algumas dessas medidas:
 

Prefira os eletrodomésticos mais econômicos

Na hora de comprar os aparelhos que vai usar em casa, opte pelos que consomem menos energia. Isso é praticar consumo consciente. “Os mais econômicos geralmente trazem selos que indicam a sua eficiência, expedidos por órgãos reconhecidos”, explica Dana.

Tire os aparelhos da tomada em vez de deixá-los em standby
Sabe aqueles eletrônicos que você não usa diariamente, como o aparelho de DVD? Deixe-os desligados da parede. “Mesmo em standby, os eletrônicos são responsáveis por quase 10% do consumo de uma residência”, alerta Reinaldo Castro Souza, professor do Departamento de Engenharia Elétrica do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Junte todas as roupas para lavar e passar de uma só vez
A cada vez que o ferro precisa aquecer, ele puxa muita energia. Por isso, ligar e desligar a todo o momento só aumentará o consumo. “O mesmo vale para a máquina de lavar roupas. Quanto menos você utilizar, melhor. Lavar de duas a três vezes por semana pode evitar gastos desnecessários”, diz Souza.

Use a geladeira corretamente
Se utilizada no mínimo, ela gasta menos. Além disso, vale evitar o hábito de abrir e fechar o tempo todo o refrigerador. Guardar comidas muito quentes e não checar as borrachas de vedação com frequência são outros erros comuns, que colaboram para o desperdício.

Aproveite ao máximo a luz natural
Mesmo com o fim do horário de verão, nesta estação do ano, os dias são naturalmente mais longos. Para aproveitar a iluminação da luz do Sol, abra janelas e persianas. A atitude reduz a necessidade de acender lâmpadas e até de ligar ventiladores e aparelhos de ar-condicionado.

Troque as lâmpadas por outras mais econômicas

Use lâmpadas florescentes compactas, as chamadas lâmpadas frias, que economizam cerca de 75% no consumo.

 

Tags: consumo economia horário de verão

Veja mais